Go to Top

Olhares dos que partilharam o nosso percurso

"De entre os vários episódios que entram na memória coletiva da empresa, recordo um pela sua singularidade:
Portugal acolheu em 2000 uma edição do World Tourism & Travel Council. Vilamoura foi a localidade escolhida.
Envolvendo as estruturas de Eventos&Relações Públicas e Assessoria de Imprensa da empresa, duas equipas deslocaram-se para o Algarve. Eu fui destacado como o responsável pela assessoria mediática e comunicação institucional do evento, lidando com a imprensa portuguesa e estrangeira.
Na véspera da abertura do evento, com os preparativos ainda a decorrerem, durante o jantar, de repente fomos surpreendidos com um apagão. Inicialmente pensámos que se tratasse de uma falha elétrica local. Mas não. O apagão era muito maior do que se pensava. Atingia mais de metade do país, atingindo Lisboa. A surpresa e o espanto chegou com a informação da causa: eletrocussão de uma cegonha.

Ora calculem como é explicar à organização do evento, ao presidente do WTTC e a aos jornalistas presentes que uma cegonha tinha “deixado” metade do país às escuras…ainda para mais nas vésperas de um evento de turismo. Duas horas depois tudo ficou solucionado. E a história mereceu notícias em vários órgãos de comunicação social europeus."

Miguel Morgado

Leave a Reply